CONTADOR GOOGLE: 16 MILHÕES DE ACESSOS!

CURTA O ITAPETINGA AGORA NO FACEBOOK

SUPERMERCADO ADONAI - AV. AMÉRICO NOGUEIRA, CLODOALDO

CEOQ - HOSPITAL DE OLHOS

SUPERMODA - NA ALAMEDA RUI BARBOSA

PAX PERFEIÇÃO - QUEM É VIVO SE ASSOCIA!

PAX PERFEIÇÃO - QUEM É VIVO SE ASSOCIA!

quarta-feira, 27 de fevereiro de 2013

MULHER DE IBICUÍ MORRE EM GRAVE ACIDENTE NA CIDADE DE UNA.

Foi no Km 12, próximo a fazenda São Geraldo, que um veículo Peugout JRM-8346 de Una, bateu frontalmente com um animal (Vaca), que estava na pista,  fato ocorrido por volta das 05h0 desta terça-feira (26).
Marinalva Menezes, de 58 anos, foi arremessada para fora do veículo e morreu no local. Jorge Luiz Alves da Silva, 24 anos, motorista do veículo e Lindinalva Menezes, de 17, foram encaminhados para o hospital geral de Ilhéus. 
A vítima fatal era da cidade de Ibicuí e estava em Una para regularizar documentos.


3 comentários:

  1. No Tribunal de Justiça, casal gay vence disputa com clube

    O Tribunal de Justiça de São Paulo acaba de decidir que clubes não podem impedir gays de incluírem seus companheiros de relações estáveis como dependentes em título de classe familiar. A decisão foi tomada no julgamento da apelação do Clube Athletico Paulistano, que se recusava a aceitar o pedido de um de seus sócios para incluir o companheiro e a filha como dependentes.

    Diante da recusa do clube, o sócio, o médico infectologista Ricardo Tapajós Martins Coelho Pereira, de 47 anos, recorreu à Justiça. O caso foi para a 11.ª Vara Civil do Foro Central de São Paulo, onde o médico comprovou que vive desde 2004 em relação estável com seu companheiro Mário Jorge Warde Filho, que também é medico. No ano de 2009, os dois chegaram a lavrar uma escritura pública declaratória dessa união, anexada ao processo.O juiz de primeira instância deu razão ao sócio, mas o clube recorreu ao Tribunal de Justiça. Alegou que o centenário Paulistano, um dos clubes mais tradicionais e fechados de São Paulo, segue o Código Civil, segundo o qual só existe relação estável entre homem e mulher. Também afirmou que o Estado não pode se intrometer em assuntos de interesse de entidade privada. Por fim, assegurou em sua defesa que qualquer mudança no estatuto do clube só pode ser feita por meio de assembleia dos associados.

    O relator do caso na 6.ª Câmara de Direito Privado do Tribunal, desembargador Fortes Barbosa, não aceitou nenhuma das alegações. Lembrou que o Estado tem obrigação de garantir o respeito aos direitos fundamentais das pessoas não só nas suas relações diretas com os cidadãos. Deve protege-los também nas relações entre pessoas físicas e jurídicas. Em outras palavras, nenhuma associação civil pode agir à revelia da lei.

    ResponderExcluir
  2. deus conforte essa familia e todos nos amen

    ResponderExcluir
  3. Por isso a importância do uso do cinto de segurança.

    ResponderExcluir

Comentários sem o seu NOME não serão aprovados

MATÉRIAS ASSINADAS , com FONTE, são de responsabilidade de seus autores.

contatos blog: whats: (77) 98128-5324

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

ITAPETINGA AGORA NO FACEBOOK