CONTADOR GOOGLE: 16 MILHÕES DE ACESSOS!

CURTA O ITAPETINGA AGORA NO FACEBOOK

SUPERMERCADO ADONAI - AV. AMÉRICO NOGUEIRA, CLODOALDO

KITANDA E MERCEARIA MOTA - Direção MIRALDO MOTA

SUPERMODA - NA ALAMEDA RUI BARBOSA

PAX PERFEIÇÃO - QUEM É VIVO SE ASSOCIA!

PAX PERFEIÇÃO - QUEM É VIVO SE ASSOCIA!

quarta-feira, 12 de janeiro de 2022

IDOSO CHORA DESESPERADO PORQUE FILHOS EXIGEM A DIVISÃO DE "SUA HERANÇA" EM VIDA

         
Segundino Castro Mercedes, de 78 anos, conta que tudo começou depois que a esposa faleceu.
 A falta que os entes queridos fazem em nossas vidas acaba sendo irreparável.
Para aqueles que precisam continuar sua jornada em vida, não ter mais a presença da pessoa amada pode acabar se tornando um grande problema. Foi o que aconteceu com o senhor Segundino Castro Mercedes, de 78 anos, que viu morrer a esposa e o filho que mais ajudava em casa, em 2020. De acordo com reportagem da Televisa, ele foi encontrado chorando pelas ruas, em uma cidade do Peru, lamentando a perda dos familiares e também o que poderia acontecer em sua vida no futuro.
O choro do idoso acabou atraindo uma jornalista e outra mulher que passavam pelo mesmo local na região, chegando ao ponto de decidirem perguntar o que estava acontecendo, e se elas poderiam ajudar em algo. De acordo com Castro, sua esposa e seu filho tinham falecido recentemente, e os filhos que continuaram vivos estavam o forçando a dividir toda sua herança ainda em vida, o que significava que ele poderia ficar sem seus bens.
Em um vídeo que acabou viralizando em vários países da América Latina, Segundino menciona que, além dos bens, também perderia um terreno. A terra é mencionada em inúmeros momentos da gravação, o que mostra o desespero do idoso, que explica que não terá para onde ir caso precise incluí-la na divisão.
O senhor ainda revela que cinco filhos foram influenciados por uma filha em particular, que quando soube da morte da mãe, saiu de Lima, capital do Peru, para o interior do país, com o único objetivo de conseguir sua parte na herança. A repórter tenta confortar o homem, dizendo que tudo daria certo, mas ele se mostra irredutível, demonstrando total tristeza com a situação que faz parte.
“Eles são meus filhos, eu sei que eles têm o direito, mas...eu não aguento mais. Eu disse a eles que vou dar, mas que pelo menos esperem a pandemia passar”, disse o idoso entre lágrimas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários sem o seu NOME não serão aprovados

MATÉRIAS ASSINADAS , com FONTE, são de responsabilidade de seus autores.

contatos blog: whats: (77) 98128-5324

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

ITAPETINGA AGORA NO FACEBOOK